Victoza é um novo medicamento para diabetes tipo 2, e cujos efeitos, de acordo com estudos recentes, ajuda no combate à obesidade ao facultar perda de peso.

O Victoza pode ser comprado em qualquer farmácia, mediante a apresentação da receita médica.

Sua apresentação é na forma de “canetas”, que na verdade são seringas para fácil aplicação das injeções do medicamento.

Como o Victoza ajuda a emagrecer

O efeito emagrecedor do Victoza vem do fato de ele propiciar uma sensação de saciedade, que leva a pessoa naturalmente a ingerir menos alimento (o mesmo efeito conseguido com outros medicamentos, como sibutramina e fenproporex).

Efeitos colaterais do Victoza

victoza

Entre os efeitos colaterais do Victoza estão náuseas, diarreia, vômitos. Há estudos que sugerem que a liraglutida, o princípio ativo do Victoza, cause câncer.

No Brasil, a ANVISA ainda não aprovou a comercialização do Victoza como emagrecedor, e não temos informações de que haja qualquer movimentação neste sentido.

Para saber mais sobre o Victoza

Para saber mais sobre o Victoza visite o site Victoza Emagrecimento, que diariamente traz novas informações sobre o medicamento.

Se você puder ler em Inglês, visite o site oficial: www.victoza.com, que tem informações completas sobre o medicamento, testemunhos de outros usuários, orientações diversas, e até um aplicativo para você acompanhar suas aplicações diárias e não se perder durante o tratamento.

Se você pretende usar o medicamento, é recomendado que você faça uma consulta a um médico especializado. Você pode consultar seu plano médico ou adquirir nos Planos Unimed Fortaleza.

Não faça uso do Victoza sem o conhecimento de seu médico

A recomendação vale para qualquer medicamento, mas especificamente sobre o Victoza, nunca o utilize sem prescrição e acompanhamento médico, porque os efeitos colaterais podem ser muito sérios. O médico antes de receitar Victoza para você vai fazer todos os testes para saber se o seu organismo o suporta, a fim de propiciar bem estar para você, em vez de causar mais dor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *